Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No meu Palato

No meu Palato

Quinta da Leda 2017 | Ensaio sobre um terroir

"Dentro de nós há uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos." José Saramago

Quinta da Leda 2017Costuma-se dizer que um grande escritor, daqueles que ficam para a história, tem de escrever um livro imortal, e isso é regra para quase todos os génios literários, Saramago tem dois: O memorial do convento e o Ensaio sobre a cegueira.  Ambos os livros têm aquelas características que os tornam viciantes, e que normalmente fazem com que entrem para o lote dos meus favoritos: são sérios, mas com muito e bom humor; são filosóficos mas não são chatos e são fantasiosos sem serem ridículos.

Quinta da Leda 2017Além disso, são livros inteligentes, perspicazes, honestos e muito bem escritos. N'O ensaio sobre a cegueira, vamos-nos apercebendo que uma epidemia (os génios têm esta coisa chata de se quererem manter actuais ;)) de cegueira está a devastar uma cidade e, a partir dessa premissa, Saramago aborda toda a natureza humana: o amor, a lealdade, o medo, o ciúme, a bravura, o heroísmo, a covardia, a violência, a felicidade e a decepção.

Quinta da Leda 2016Tal como acontece no Memorial do convento, este é um livro que parece ter tudo. As personagens desta historia são tão sedutoramente renderizadas, tão vibrantes, tão próximas de nós, que à medida que vamos folheando o livro, vamos-nos juntando, pouco a pouco, a essa seita cega de Saramago. 

Quinta da Leda 2017Não vou esmiuçar mais o livro, para não revelar o enredo completo a quem ainda não o leu, mas a parte importante, e que me fez escolher esta obra-prima para vos falar do Quinta da Leda 2017, é a de que o escritor estabelece uma relação bastante próxima e curiosa entre a antevisão de um hipotético desastre  e a epifania das nossas características mais puras, sendo elas boas ou más. 

Quinta da Leda 2017O ano de 2017 no Douro, tinha tudo para originar uma dessas fatalidades anunciadas:  invulgarmente quente e seco, com temperaturas 5 graus acima do habitual e precipitação cerca de 50% abaixo do expectável. Estas condições influenciaram a maturação das uvas, o que resultou numa das vindimas mais precoces de que há memória, com início no dia 7 de Agosto para os brancos e dia 22 do mesmo mês para os tintos.

Quinta da Leda 2017Todos nós já ouvimos histórias de enólogos em férias, com a necessidade de interromperem as mesmas a fim de regressarem rapidamente ao Douro para a vindima.  No entanto, o infortúnio  não se confirmou, muito pelo contrário, estas condições agrestes deram origem a vinhos muito densos, concentrados, com boa acidez e excelente capacidade de envelhecimento. Como é óbvio, sem deixarem de ter as características de um ano quente.

Quinta da Leda 2017O Quinta da Leda 2017 (40 €, 94 pts.) é um excelente exemplo de um vinho com esse perfil. No copo traja um rubi muito denso, revelando no nariz esteva, violetas, resina, pinheiro, cedro, charuto, pimenta preta, ameixa vermelha e um suave abaunilhado. No palato preenche a boca, está muito bem estruturado, exibe uma acidez bem integrada (embora menos presente que em 2016) e os taninos estão bem aguerridos mas a arredondar.

Quinta da Leda 2017O final de boca é intenso, longo, harmonioso e surpreendentemente elegante, tendo em conta as condições em que as uvas amadureceram. Tais características apenas são possíveis de alcançar nos heterogéneos 170 hectares de vinha da Quinta da Leda, onde diferentes altitudes e exposições se complementam, dando origem a coisas bonitas como este Quinta da Leda 2017.

Quinta da Leda 2017Porque muitas vezes, na maior parte das vezes, estas arestas da vida servem apenas para evidenciarem que dentro de nós há uma coisa que não tem nome e que nos ajuda a suplantar as condições mais agrestes. Nos vinhos, pelo contrário, essa coisa tem nome, chama-se terroir ;) 

O Leda 2017 combinou muito  bem (terá sido uma das melhores harmonizações que fiz) com um bife tomahawk (de 1.5 kg) e vegetais grelhados

 

Bife tomahawk e vegetais grelhados:

-Nesta receita não há que inventar muito, basta escolher um bom corte de carne e alguns vegetais para mais tarde serem grelhados no carvão, adicionado apenas sal e pimenta.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.